As festas de Junho

A festa junina é um evento comum no Brasil e, durante os meses de junho, julho e agosto, encanta a todos com uma dança bastante conhecida, a quadrilha. Essa dança evolui em duplas ao som do forró e pode alternar entre fandangos, catiras e valsas.

São diversas evoluções e coreografias que são executadas pelos dançarinos ao som de músicas conhecidas como Pula Fogueira e Capelinha de Melão. Eles utilizam uma vestimenta característica dos caipiras, com chapéus de palha, vestidos de chita e camisas xadrez.

A quadrilha era inicialmente uma dança aristocrática de origem francesa, mas que apresentava influência de antigas danças folclóricas da Inglaterra. Ela veio para o Brasil pelas mãos dos mestres de orquestra de danças francesas na época do Império.

8636853467_19d61092ef_z

Foto: Turismo Bahia

A quadrilha se popularizou no Brasil e é, atualmente, uma dança própria dos festejos juninos. Tendo sofrido influências da polca, da mazurca e da valsa européia, transformou-se em um ritmo único, genuinamente brasileiro. Para a evolução coreográfica, é importante a presença de um mestre “marcante” ou “marcador”, pois é quem determina as figurações diversas que os dançadores devem desenvolver.

Os instrumentos musicais acompanhantes são a sanfona, o acordeão, o pandeiro, o violão e o cavaquinho e não existe uma canção específica que lhe seja própria. Já a música é aquela comum aos bailes de roça, em compasso binário ou de marchinha, que favorece o cadenciamento das marcações.

Trechos da coreografia Pirão com Peixe do espetáculo Nuances da Ilha da Tribo Mosaico

A quadrilha é uma dança que floresceu na zona rural, mas atualmente está presente em todas as festas urbanas e os participantes, vestidos à carater, executam diversas evoluções em pares de número variável. Em geral, o par que abre o grupo é um noivo e uma noiva, já que a quadrilha pode, hipoteticamente, fazer parte de um casamento caipira.

No universo das fusões bellydance temos alguns exemplos de uso dessas  tradições populares que incluem a Tribo Mosaico como uma colaboradora de tais fusões, e bailarinas muito conhecidas no brasil como Ju Marconato, Kahina, Kilma Farias, entre outras.

Referências e fontes utilizadas: Circuito São João (http://www.circuitosaojoao.com.br/) e Danças Típicas (http://www.dancas-tipicas.info/)

 

Entre em contato com a tribo:

email: tribomosaico@gmail.com

nossa página: https://www.facebook.com/tribomosaico

nosso site: www.tribomosaico.com.br

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 29 de junho de 2016. Crie um bookmark para o link permanente.